terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

757 e os WideBodies

Final da década de 90. O dólar apresentava a melhor cotação dos últimos anos e a economia caminhava rumo à estabilização a passos largos. Foi nesse cenário que o aeroporto de Londrina teve mais uma de suas muitas histórias memoráveis. Diante de um Real valorizado frente ao Dólar, as agências de turismo locais venderam como nunca pacotes de viagem para o exterior. O mercado estava tão aquecido que as operadoras resolveram realizar seus próprios fretamentos com destino a Miami com vôos diretos LDB-MIA. O aeroporto recebeu o status de Internacional (eventual) e o primeiro vôo ocorreu em 10 de Julho de 1997 com uma aeronave A310 da Aerocancun. Outros vôos se seguiram trazendo para Londrina também o B757-200 (ATA) e o DC-10-30 (Laker). Eles realizaram vôos durante os anos de 97 e 98 e o B752 foi a aeronave que mais vezes esteve em território londrinense.
Abaixo um breve histórico dos prefixos que estiveram por aqui:

A310 VP-BQU Aerocancum. Cn 535. Recebeu também a matricula VR-BQU ainda na Aerocancun. Após voou na Passaredo como PP-PSE e na Yemen Airways como 7O-ADJ. Envolveu-se em um acidente em 30/06/2009 sobre o Oceano Indico, quando realizava o voo IY 626. A única sobrevivente foi uma menina de 14 anos. (Obrigado Marcos pelo envio dessa última informação!!)



B757-200 N517AT. Cn 27973/735. Voou na ATA até 2008. Atualmente voa na JET2 como G-LSAK com winglet instalado.

DC-10-30 N833LA. Cn 46937/152. Após foi convertido em cargueiro e voou na Cielos Del Peru Cargo com o apelido de Petete III. Atualmente voa na Transportes Aéreos Bolivianos – TAB Cargo e mantém a mesma matrícula.

Grande Abraço

13 comentários:

Adriano disse...

Cara Muito bom mesmo este post parabéns! continue assim!

LuisUEL disse...

Como posso contribuir com mais fotos destes momentos saudositas do nosso aeroporto??? Tenhos mais fotos inclusive com o pouso tanto do DC-10 e do A310! Como faço para postar neste blog?

Matheus disse...

Muito bom!!!!!

Adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LDB Spotter disse...

Caro LuisUEL

Suas fotos serão muito bem vindas. Você pode enviá-las para o seguinte e-mail:

ldbspotter@gmail.com

Favor informar seu nome e sobrenome para que os créditos sejam colocados nas fotos.

Fico no aguardo.

Grande Abraço.

JONAS LIASCH disse...

O DC-10 da Laker foi o maior avião que já pousou em Londrina. Foi um momento realmente histórico. O Boeing 757 veio realmente várias vezes. Mas o que eu desconhecia era que o A310 da Aerocancún tinha se acidentado. Tenho uma foto, em papel, interessante, do A310, pois aparece a escada improvisada que colocaram no avião, feita a partir de uma escada de Boeing 737 da Rio-Sul. O episódio da escada foi vexatório, pois foi feita enquanto os tripulantes esperavam a bordo, sem poder descer.

Henrique disse...

Segue algumas fotos minhas em LDB:

http://www.jetphotos.net/viewphoto.php?id=7040280&nseq=5

http://www.jetphotos.net/viewphoto.php?id=7051126&nseq=3

http://www.jetphotos.net/viewphoto.php?id=7051635&nseq=1

http://www.jetphotos.net/viewphoto.php?id=7051127&nseq=2

http://www.jetphotos.net/viewphoto.php?id=7051728&nseq=0

É isso :)

Anônimo disse...

Eu ouvi de um amigo meu, que ouviu de um amigo de um amigo que trbalhava na rampa de LDB, disse que o DC10 ao pousar queboru o pedaço da pista no ponte de toque, o aerioporto fcoiu fexado por ,2 dias. oço proçede?

Anônimo disse...

Acho meio dificil que a pista tenha quebrado , já que a pista é Flexivel e o ACN é de 43 .

Grande abraço.

Navegantes por EX: tem ACN de 33 e recebeu 727 full e um 767.

LDB Spotter disse...

Caro Anonimo 16:04

Isso é lenda. O DC-10 pousou e decolou sem causar qualquer dano à pista. Se a aeronave realmente tivesse danificado a pista no ponto de toque ela teria que ficar retida no aeroporto por pelo menos o tempo que a pista ficou supostamente interditada (dois dias). Mas isso não aconteceu. Além disso, dificilmente a aeronave sairia ilesa a esse tipo de dano na pista.

Grande Abraço

Anônimo disse...

Obrigado amigos e ao LDB spotter por eclareçer. Há, e desculpa pelos inúmeros erros de portugues, estava usando o computador do minha sogra (hahaha).

abaço.

LDB Spotter disse...

Caro Henrique

Parabéns pelos excelentes registros!!! Quando estiver em Londrina entre em contato para combinarmos um dia de spotting.

Grande Abraço

LuisUEL disse...

Isto que falam dos danos no piso são maliciosos e tendenciosos. Estava lá nos dois movimentos da aeronave, na cabeceira 31 e tenho fotos do toque e, nada aconteceu. Tenho fotos do momento e em breve encaminharei ao administrador do blog. Interessante é que a aeronave estava num primeiro momento somente com a tripulação e posteriormente com meia carga de passageiros, uma vez que os demais desembarcaram em GRU e, com combustivel somente para alternar.