quarta-feira, 4 de maio de 2011

70 Milhões de Investimentos em Londrina

A Infraero anunciou hoje que investirá R$ 70 milhões no Aeroporto José Richa até 2015. Segundo a assessoria de imprensa da estatal o convenio assinado no início do ano entre a Prefeitura e a Infraero está sendo cumprido dentro do prazo por ambas as partes.
As obras já se iniciaram e se seguirão pelos próximos 4 anos. A etapa final, em 2015, será a instalação do tão esperado ILS e, segundo a Infraero, a licitação para o projeto de instalação já está em preparação, com R$ 3,7 milhões já destinados para a fase inicial. A Prefeitura anunciou que transferiu para a União cerca 1,2 milhões de m2 de áreas desapropriadas no entorno do sitio aeroportuário e o restante já está com os recursos garantidos pelo Governo Estadual.
http://www.infraero.com.br/index.php/br/imprensa/noticias/4243-0405-processo-de-instalacao-de-ils-no-aeroporto-de-londrina-esta-avancado.html
http://www.jornaldelondrina.com.br/economia/conteudo.phtml?tl=1&id=1122515&tit=Aeroporto-Jose-Richa-recebera-R-70-milhoes-em-investimentos-ate-2015
http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-3--144-20110504&tit=ils+pode+ser+instalado+so+em+2015+em+londrina

4 comentários:

Vitor disse...

saiu tambem no JL sobre a construção de uma nova pista, novo terminal de cargas e pista dupla de acesso, também a retirada do posto de combustiveis em frente ao aeroporto... vai ficar bonitinho... agora no segundo semestre começa o recapeamento da pista... vamos ver no que vai dar

JONAS LIASCH disse...

A princípio gostei da notícia, mas quando vi que o ILS só vai chegar em 2015, fiquei decepcionado. Até instalarem esse equipamento aqui, ele já vai estar totalmente obsoleto. Lamentável. Por que isso é tão lento?

LuisUEL disse...

Não vai ser assim. Não haverá nova pista e sim, a ampliação da pista de taxiamento no mesmo comprimento da futura principal, i.e, 2700m, o que não ocorre hoje, sendo necessário as aeronaves fazerem o "backtrack" sobre a pista. O recapeamento que havia sido licitado não contemplava o "grooving, agora a nova licitação contempla, deixando a pista mais segura quando molhada. O novo TECA provavelmente será ao lado do Tiro de Guerra, numa área desapropriada da SANEPAR. Creio que a Seção Contra Incêndios também irá para aquela região, pois se trata exatamente da parte mediana da pista, tanto para a cabeçeira 13 e 31, reduzindo o tempo de ação dos bombeiros em uma emergência.

joseluizdacosta@bol.com.br disse...

Mais 4 anos o número de passageiros vai dobrar, quero dizer
que já vai estar sucateado???? A Infraero continua atrazada.